Home
Online store
Probe configurator
Contacts
Nome do projeto/local:
Cidade Financeira de Talatona – Luanda, Angola
Dono da obra:
Gestão da obra:
Invescon-Consultoria e Gestão de Empreendimentos, Lda http://www.invescon.pt/ 
Arquitectura:
Costa Lopes Arquitetos http://www.costalopes.com/
Projeto de especialidades:
Fiscalização:
Progest-Fiscalização, Lda http://www.progestangola.com/
Empreiteiro geral:
Mota-Engil Angola, SA 
Instalador:
Mota-Engil Electromecânica 
Descrição do projeto (datas / investimento...):
São 5 edifícios no total, 4 de escritórios e 1 de habitação. Cada um destes edifícios com 7 pisos ao cimo da terra, com uma área total de 93.000m2 e um investimento de 78 milhões de euros. Obra concluída em 2014.
Objetivo da aplicação/O que motivou a utilização da nossa solução:
Nos edifícios destinados a escritórios, foi objetivo deixar todos os espaços tipo open-space, para depois serem ajustados de acordo com as entidades ocupantes. Assim, pretendiasse uma solução de eletricifação de tomadas e iluminação que fosse extremamente flexível e de fácil manutenção. Sendo um projeto para ser executado em tempos muito curtos, foi também importante construir e testar a instalação elétrica fora da obra, para depois ser tudo ligado o mais rápido possível. Tendo em conta a qualidade da mão-de-obra existente em Angola, foi uma grande mais valia ter uma solução de eletrificação livre de erros e com fácil identificação de circuitos. Tudo isto foi conseguido com a solução Gesis da Wieland Electric.
Que apoio encontrou por parte da F. Fonseca e da marca?
O gabinete de projeto das especialidades, sendo já um perfeito conhecedor da solução Gesis, contou com o apoio da FFonseca apenas na construção à medida das caixas de chão para a alimentação de tomadas e luminárias. À entidade fiscalizadora prestámos todo o apoio necessário à confirmação e validação técnica da solução Gesis mencionada pelo gabinete das especialidades. Ao gestor do projeto foi garantido o suporte necessário ao equipamento instalado após a finalização da obra. Foi ao lado do instalador elétrico que o apoio da FFonseca foi ainda mais relevante, condicionado ainda pela distância física entre as empresas. Foram facultadas as plantas da arquitetura em conjunto com a distribuição das luminárias e tomadas para que fosse dimensionada toda a solução. Foi analisado cada edifício, cada piso, cada circuito, cada luminária e cada tomada existente no projeto. Depois de todas as referências contabilizadas, contámos com o empenho do fabricante para elaborar a solução de acordo com o dimensionado, garantindo sempre os altos padrões de qualidade habituais na Wieland Electric. Os materiais foram entregues dentro dos prazos estipulados, sendo este fator essencial para o perfeito cumprimento do idealizado. No final, confirmou-se o excelente trabalho de todos os intervenientes neste projeto, pois foi todo ele concluído de forma exemplar, passando a ser uma nova referência mundial.
Descrição da solução:
Relativamente à alimentação das tomadas, foram dimensionados os circuitos deste o quadro elétrico até cada ponto terminal. Cada ponto foi alimentado com um circuito para tomadas socorridas e outro para tomadas normais. Estipularam-se cores diferentes para cada tipo de circuito - preto para tomadas normais e branco para tomadas socorridas. Foram utilizados conetores e caixas de distribuição da série GST18 em 3 polos. Cada caixa foi composta por 1 Entrada e 5 Saídas. No caso da iluminação, as saídas dos quadros elétricos foram feitas a 5 polos. A primeira distribuição dos circuitos de iluminação foi feita ainda a 5 polos, para o qual elaborámos uma caixa de distribuição com 1 Entrada e 5 Saídas. Na alimentação das luminárias, foram utilizadas caixas de distribuição com entradas trifásicas e saídas monofásicas, para uma separação uniforme das cargas em cada ponto. Algumas das armaduras foram também dotadas de conetores macho Gesis para ligação direta às caixas de distribuição. Num dos pisos, foi ainda desenvolvido um sistema para regulação de fluxo com protocolo DALI, onde, utilizando a mesma filosofia, foram construídas caixas de distribuição à medida com 1 Entrada e 5 Saídas, para levar esta comunicação às respetivas armaduras. Também estes equipamentos foram equipados na sua origem logo com conetores macho Gesis. 
Marca:
Wieland Electric - BIT
Tipo(s) de produto(s) utilizado(s)
Informação adicional:
https://www.youtube.com/watch?v=4ypA2XVHoks 

http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=937700  
Nome do(s) colaborador(es) da F.Fonseca que desenvolveu(ram) a solução:
João Toito.
  • 0
  • 1
We use our own and third-party cookies to offer you a better experience and service. To know which cookies we use and how to disable them, read the cookies policy.
By ignoring or closing this message, and unless you have disabled cookies, you agree to its use on this device.