Home
Online store
Probe configurator
Contacts

Training

Introdução à soldadura: SER

Apesar de ser um método de soldadura manual, a Soldadura SER (Soldadura por Elétrodo Revestido) é das mais utilizadas por apresentar algumas características vantajosas, nomeadamente a economia, a versatilidade e a portabilidade.
Faz parte de ser um bom soldador o conhecimento de diversas técnicas e, por ser manual, esta ajudará ainda a que desenvolva a sua destreza e aperfeiçoe a sua habilidade. Se ainda não sabe aplicar este método, esta formação será indiscutivelmente importante para si!
 

Local

Oliveira de Azeméis [Núcleo CENFIM]

Date

19 e 26 de fevereiro e 5, 12, 19 e 26 de março
Adicionar ao calendário 2021-02-19 09:30:00 2021-02-19 18:30:00 Europe/Lisbon Introdução à soldadura: SER Apesar de ser um método de soldadura manual, a Soldadura SER (Soldadura por Elétrodo Revestido) é das mais utilizadas por apresentar algumas características vantajosas, nomeadamente a economia, a versatilidade e a portabilidade.
Faz parte de ser um bom soldador o conhecimento de diversas técnicas e, por ser manual, esta ajudará ainda a que desenvolva a sua destreza e aperfeiçoe a sua habilidade. Se ainda não sabe aplicar este método, esta formação será indiscutivelmente importante para si!
 
Oliveira de Azeméis [Núcleo CENFIM] F.Fonseca geral@ffonseca.com
2021-02-26 09:30:00 2021-02-26 18:30:00 Europe/Lisbon Introdução à soldadura: SER Apesar de ser um método de soldadura manual, a Soldadura SER (Soldadura por Elétrodo Revestido) é das mais utilizadas por apresentar algumas características vantajosas, nomeadamente a economia, a versatilidade e a portabilidade.
Faz parte de ser um bom soldador o conhecimento de diversas técnicas e, por ser manual, esta ajudará ainda a que desenvolva a sua destreza e aperfeiçoe a sua habilidade. Se ainda não sabe aplicar este método, esta formação será indiscutivelmente importante para si!
 
Oliveira de Azeméis [Núcleo CENFIM] F.Fonseca geral@ffonseca.com
2021-03-05 09:30:00 2021-03-05 18:30:00 Europe/Lisbon Introdução à soldadura: SER Apesar de ser um método de soldadura manual, a Soldadura SER (Soldadura por Elétrodo Revestido) é das mais utilizadas por apresentar algumas características vantajosas, nomeadamente a economia, a versatilidade e a portabilidade.
Faz parte de ser um bom soldador o conhecimento de diversas técnicas e, por ser manual, esta ajudará ainda a que desenvolva a sua destreza e aperfeiçoe a sua habilidade. Se ainda não sabe aplicar este método, esta formação será indiscutivelmente importante para si!
 
Oliveira de Azeméis [Núcleo CENFIM] F.Fonseca geral@ffonseca.com
2021-03-12 09:30:00 2021-03-12 18:30:00 Europe/Lisbon Introdução à soldadura: SER Apesar de ser um método de soldadura manual, a Soldadura SER (Soldadura por Elétrodo Revestido) é das mais utilizadas por apresentar algumas características vantajosas, nomeadamente a economia, a versatilidade e a portabilidade.
Faz parte de ser um bom soldador o conhecimento de diversas técnicas e, por ser manual, esta ajudará ainda a que desenvolva a sua destreza e aperfeiçoe a sua habilidade. Se ainda não sabe aplicar este método, esta formação será indiscutivelmente importante para si!
 
Oliveira de Azeméis [Núcleo CENFIM] F.Fonseca geral@ffonseca.com
2021-03-19 09:30:00 2021-03-19 18:30:00 Europe/Lisbon Introdução à soldadura: SER Apesar de ser um método de soldadura manual, a Soldadura SER (Soldadura por Elétrodo Revestido) é das mais utilizadas por apresentar algumas características vantajosas, nomeadamente a economia, a versatilidade e a portabilidade.
Faz parte de ser um bom soldador o conhecimento de diversas técnicas e, por ser manual, esta ajudará ainda a que desenvolva a sua destreza e aperfeiçoe a sua habilidade. Se ainda não sabe aplicar este método, esta formação será indiscutivelmente importante para si!
 
Oliveira de Azeméis [Núcleo CENFIM] F.Fonseca geral@ffonseca.com
2021-03-26 09:30:00 2021-03-26 18:30:00 Europe/Lisbon Introdução à soldadura: SER Apesar de ser um método de soldadura manual, a Soldadura SER (Soldadura por Elétrodo Revestido) é das mais utilizadas por apresentar algumas características vantajosas, nomeadamente a economia, a versatilidade e a portabilidade.
Faz parte de ser um bom soldador o conhecimento de diversas técnicas e, por ser manual, esta ajudará ainda a que desenvolva a sua destreza e aperfeiçoe a sua habilidade. Se ainda não sabe aplicar este método, esta formação será indiscutivelmente importante para si!
 
Oliveira de Azeméis [Núcleo CENFIM] F.Fonseca geral@ffonseca.com

Investment

475,00 € + IVA [almoço incluído]

Schedule

09h30 - 18h30
Registration
View detail
Formador
Objetivos
No final desta ação os formandos deverão ser capazes de:
  • Identificar e caracterizar, os equipamentos utilizados e a sua constituição no processo de Soldadura SER.
  • Identificar e caracterizar os principais parâmetros de soldadura e sua influência.
  • Identificar e caracterizar os consumíveis utilizados.
  • Identificar e caracterizar os procedimentos de soldadura com base nos requisitos de qualidade e cuidados de saúde, higiene e segurança.
  • Proceder à soldadura SER, processo 111 de forma a garantir as soldaduras topo a topo de chapa nas posições PA e PF de um ou dos dois lados sem junta de suporte e de acordo com as especificações, normas e diretivas EWF/IIW aplicáveis.
 

Destinatários
A formação destina-se a soldadores, técnicos de manutenção industrial, operadores de produção e a todos que executam e / ou venham a executar soldadura SER.
 

Conteúdos programáticos
1. Procedimentos de soldadura SER – topo a topo em chapa PA e PF;
2. Técnicas e variáveis de soldadura;
3. Fonte de potência – regulação e controlo;
4. Consumíveis de soldadura utilizados;
5. Demonstração e prática de execução de soldaduras topo a topo de chapas nas posições PA e PF com as técnicas de mono passe e multipasse;
6. Soldadura topo a topo, com t>3 na posição PA, bs sem descarnagem;
7. Soldadura topo a topo, com t>8 na posição PF, bs com descarnagem;
8. Soldadura topo a topo, com t>3 na posição PA, ss nb;
9. Soldadura topo a topo, com t>3 na posição PF, ss nb;
10. Controlo visual das peças soldadas;
11. Normas e diretivas aplicáveis.


Certificação
No final da formação será emitido um certificado de formação profissional pelo CENFIM.

Formador

CENFIM

  • 0
  • 1
We use our own and third-party cookies to offer you a better experience and service. To know which cookies we use and how to disable them, read the cookies policy.
By ignoring or closing this message, and unless you have disabled cookies, you agree to its use on this device.