Formação Profissional

Avaliação ergonómica de máquinas industriais

As lesões músculo-esqueléticas relacionadas com o trabalho devem-se frequentemente a traumatismos repetitivos resultantes de movimentos e posturas incorretas e / ou à deslocação manual de cargas pesadas.

De forma a prevenir a incidência deste tipo de doenças é essencial investir na avaliação ergonómica de máquinas e linhas de produção industriais, garantindo-se assim a qualidade de vida, bem-estar e produtividade das Pessoas e Organizações.
 

Local

Aveiro [sede F.Fonseca]

Data

19 de fevereiro
Adicionar ao calendário 2019-02-19 09:30:00 2019-02-19 13:30:00 Europe/Lisbon Avaliação ergonómica de máquinas industriais As lesões músculo-esqueléticas relacionadas com o trabalho devem-se frequentemente a traumatismos repetitivos resultantes de movimentos e posturas incorretas e / ou à deslocação manual de cargas pesadas.

De forma a prevenir a incidência deste tipo de doenças é essencial investir na avaliação ergonómica de máquinas e linhas de produção industriais, garantindo-se assim a qualidade de vida, bem-estar e produtividade das Pessoas e Organizações.
 
Aveiro [sede F.Fonseca] F.Fonseca geral@ffonseca.com

Investimento

75,00 € + IVA [almoço incluído]

Horário

09h30 - 16h30
Inscrição
Ver Detalhe
Formadora
Objetivos
No final desta ação os formandos:
  • Conhecerão os conceitos relacionados com a postura e ergonomia laboral;
  • Reconhecerão as vantagens de identificar e avaliar os riscos ergonómicos das máquinas em fase de projeto;
  • Saberão o que fazer para projetar e construir máquinas com baixos riscos ergonómicos associados.   


Destinatários
A formação destina-se a fabricantes de máquinas e a profissionais ligados à área da engenharia e industrialização.
 

Conteúdos programáticos
1. Postura e ergonomia:
    1.1. Conceitos relacionados com o ambiente laboral.
2. Lesões por esforços repetitivos, lesões músculo-esqueléticas relacionadas com o trabalho, acidentes de trabalho e doenças profissionais;
3. Medidas de prevenção e hierarquização das estratégias de implementação;
4. Importância da identificação e avaliação de riscos ergonómicos em fase de projeto:
    4.1. Benefícios para o Cliente da máquina.
5. Relação da biomecânica corporal com a eficiência das tarefas laborais e o desgaste físico dos colaboradores;
6. Apresentação e estudo de caso de sucesso:
    6.1. Adaptação posterior VS desenvolvimento em fase de projeto.
7. Como podemos ajudar?
    7.1. Adequação de medidas de acordo com a especificidade dos postos de trabalho e respetivos sectores de atividade.


Certificação
No final da formação será emitido um certificado de formação profissional.


Formadora

Sara Quina

  • 0
  • 1
Utilizamos cookies próprios e de terceiros para lhe oferecer uma melhor experiência e serviço. Para saber que cookies usamos e como os desativar, leia a política de cookies.
Ao ignorar ou fechar esta mensagem, e exceto se tiver desativado as cookies, está a concordar com o seu uso neste dispositivo.