Dispositivos optoeletrónicos

Barreira de segurança - deTec4 Prime - Sick

Inventor das Barreiras de Segurança. 
A cor amarela representa segurança e o nome Sick é sinónimo de inovação. A Sick criou a primeira barreira de segurança para prevenção de acidentes em máquinas na década de 50. Muito do conceito original permanece nas barreiras de segurança da Sick, mas hoje em dia estas oferecem ainda mais.

A Sick acumulou mais de meio século de experiência e conhecimento no campo da segurança, e o que faz com isso? Continua a inovar de modo a que os seus clientes levem as suas aplicações até um nível superior. O resultado é a barreira de segurança deTec4 Prime da Sick – a nova barreira de segurança da família deTec e a nova referência em termos de versatilidade e facilidade de operação.
Ver Detalhe

Barreiras de segurança de cortina C4000 - Sick

As barreiras de segurança de cortina são usadas para protecção de acessos, dedos ou mãos. Dependendo do tipo de máquina, várias funções são integradas e podem ser seleccionados através de soluções de controlo de segurança: rearme externo, monitorização dos contactos externos (EDM), ocultamento (blanking) fixo /flutuante, função PSDI, função de ‘bypass’, selecção do modo de funcionamento, ligação em cascata, etc.
 
As barreiras de segurança de cortina C4000 da Sick, são equipamentos de segurança para protecção de acessos, dedos ou mãos relativamente ao ponto perigoso da máquina. O seu uso deve ser equacionado quando, através da análise de riscos, possa ser utilizado um equipamento óptico de segurança com Performance Level e (PL e). Existem vários modelos com diferentes funcionalidades.
 
Ver Detalhe

Barreiras de segurança de cortina deTec2 core - Sick

Simplesmente segura: operação intuitiva e robusta para uma utilização diária.
 
A Sick, criadora das barreiras de segurança/cortina, é o fabricante líder de dispositivos de segurança óticos. Com a introdução de uma nova geração de barreiras de segurança – deTec4 Core e deTec2 Core, a Sick foca-se agora no essencial: o estado de arte da segurança.
 
Ver Detalhe

Barreiras de segurança de cortina deTec4 core - Sick

Simplesmente segura: operação intuitiva e robusta para uma utilização diária.
 
A Sick, criadora das barreiras de segurança/cortina, é o fabricante líder de dispositivos de segurança óticos. Com a introdução de uma nova geração de barreiras de segurança – deTec4 Core e deTec2 Core, a Sick foca-se agora no essencial: o estado de arte da segurança.
 

 
Ver Detalhe

Barreiras de segurança multi-feixe M4000 - Sick

As barreiras de segurança multi-feixe são dispositivos de proteção sem contacto que compreendem um emissor e um receptor, ou uma unidade emissor/receptor do lado activo e um ou mais espelhos reflectores do lado passivo. Se o feixe é interrompido em um ou mais pontos, o dispositivo de segurança desactiva os seus sinais seguros, actuando de forma apropriada para interromper um estado perigoso do sistema.

As barreiras de segurança multi-feixe M4000  Sick são equipamentos de segurança para proteção de acessos ao ponto perigoso da máquina. Dado que possui o Nível de Performance mais elevado (PL e), pode ser usado em qualquer aplicação onde, através da análise de riscos, possa ser utilizado um equipamento óptico de segurança com Performance Level e (PL e), ou inferior. Adicionalmente existem vários modelos com diferentes funcionalidades, tais como rearme, EDM, Cascata, Muting avançado, Monitorização de Área, entre outros. 
Ver Detalhe

Barreiras de segurança multifeixe deTem2 Core - Sick

Um novo standard em todos os sentidos!

Como pode a Sick manter a sua posição de liderança no setor de segurança industrial ao longo de 65 anos?
Através de inovação contínua.

A deTem Core é a base para a nova geração de barreiras de segurança multifeixe da Sick. Combinando custos reduzidos com fiabilidade, a deTem Core é a solução ideal para a proteção de acesso a áreas perigosas de máquinas. A proteção de acesso é efetuada de forma simples e eficiente. Focada nas funções essenciais, a deTem2 Core é especialmente ímpar no que ao alcance diz respeito. O comissionamento nunca foi tão simples.
Ver Detalhe

Barreiras de segurança multifeixe deTem4 Core - Sick

Um novo standard em todos os sentidos!
Como pode a Sick manter a sua posição de liderança no setor de segurança industrial ao longo de 65 anos?
Através de inovação contínua.
A deTem Core é a base para a nova geração de barreiras de segurança multifeixe da Sick. Combinando custos reduzidos com fiabilidade, a deTem Core é a solução ideal para a proteção de acesso a áreas perigosas de máquinas. A proteção de acesso é efetuada de forma simples e eficiente. Focada nas funções essenciais, a deTem4 Core é especialmente ímpar no que ao alcance diz respeito. O comissionamento nunca foi tão simples.
Ver Detalhe

Câmaras de segurança V200/V300 - Sick

O V200/V300 Work Station Extended é um sensor baseado numa inovadora tecnologia de visão, desenvolvido para monitorização de pontos perigosos. 

O conceito de “um sensor para todos os tamanhos” coloca um ponto final nos diferentes tipos, um sensor em combinação com o kit de resolução apropriado substitui inúmeros e diferentes tamanhos de áreas de proteção.
A câmara de segurança da Sick é um dispositivo de proteção eletrónico baseado na tecnologia de processamento de imagem. O emissor e receptor estão assim integrados no mesmo corpo.
 
Ver Detalhe

Fotocélula de segurança cilíndrica L21 - Sick

As fotocélulas de segurança mono-feixe da Sick oferecem a máxima performance. Compreendem emissores com autoteste ou sensores com teste externo combinados com uma unidade externa de controlo. Os alcances de funcionamento são elevados e existem sensores com dimensões e tipos diferentes. Estes equipamentos estão certificados com o Tipo 2 ou 4 de acordo com a EN61496, e PL c ou PL e de acordo com a EN ISO 13849. As aplicações para as L21 incluem robôts, máquinas de processamento, centros de maquinação, paletização, armazéns e linhas de transferência.

 
Ver Detalhe

Fotocélula de segurança cilíndrica L41 - Sick

As fotocélulas de segurança mono-feixe da Sick oferecem a máxima performance. Compreendem emissores com autoteste ou sensores com teste externo combinados com uma unidade externa de controlo. Os alcances de funcionamento são elevados e existem sensores com dimensões e tipos diferentes. Estes equipamentos estão certificados com o Tipo 2 ou 4 de acordo com a EN 61496 e PL c ou PL e de acordo com a EN ISO 13849. As aplicações para as L41 incluem robôts, máquinas de processamento, centros de maquinação, paletização, armazéns e linhas de transferência.
 
A fotocélula de segurança cilíndrica L41 da Sick consiste num emissor e num recetor.
Ver Detalhe

Fotocélula de segurança quadrada L27 - Sick

As fotocélulas de segurança mono-feixe da Sick oferecem a máxima performance. Compreendem emissores com autoteste ou sensores com teste externo combinados com uma unidade externa de controlo. Os alcances de funcionamento são elevados e existem sensores com dimensões e tipos diferentes. Estes equipamentos estão certificados com o Tipo 2 ou 4 de acordo com a EN61496, e PL c ou PL e de acordo com a EN ISO 13849. As aplicações habituais incluem proteção de robôts, máquinas de processamento, centros de maquinação, paletização, armazéns e linhas de transferência.

 
Ver Detalhe

Fotocélula de segurança quadrada L28 - Sick

As fotocélulas de segurança mono-feixe da Sick oferecem a máxima performance. Compreendem emissores com autoteste ou sensores com teste externo combinados com uma unidade externa de controlo. Os alcances de funcionamento são elevados e existem sensores com dimensões e tipos diferentes. Estes equipamentos estão certificados com o Tipo 2 ou 4 de acordo com a EN61496, e PL c ou PL e de acordo com a EN ISO 13849. As aplicações habituais incluem proteção de robôts, máquinas de processamento, centros de maquinação, paletização, armazéns e linhas de transferência.
 
A fotocélula de segurança quadrada L28 da Sick consiste num emissor e num recetor. A entrada de teste do emissor permite efetuar um teste funcional. Assim, é possível, utilizando um controlador de segurança, obter um performance Level PL c de acordo com a EN ISO 13849 ou Tipo 2 de acordo com o IEC 61496.
Ver Detalhe

Fotocélula de segurança quadrada L29 - Sick

As fotocélulas de segurança mono-feixe da Sick oferecem a máxima performance. Compreendem emissores com autoteste ou sensores com teste externo combinados com uma unidade externa de controlo. Os alcances de funcionamento são elevados e existem sensores com dimensões e tipos diferentes. Estes equipamentos estão certificados com o Tipo 2 ou 4 de acordo com a EN61496, e PL c ou PL e de acordo com a EN ISO 13849. As aplicações habituais incluem proteção de robôts, máquinas de processamento, centros de maquinação, paletização, armazéns e linhas de transferência.
 
A fotocélula de segurança quadrada L29 da Sick consiste num emissor e num recetor. A entrada de teste do emissor permite efetuar um teste funcional. Assim, é possível, utilizando um controlador de segurança, obter um performance Level PL c de acordo com a EN ISO 13849 ou Tipo 2 de acordo com o IEC 61496.
 
Ver Detalhe

Fotocélulas de segurança quadradas – Sick

As fotocélulas de segurança mono-feixe da Sick consistem em conjuntos de emissores e receptores testáveis, ou emissores e receptores testáveis combinados com uma unidade de avaliação. 
Estes dispositivos impressionam quer pela sua gama de alcances quer pela variedade de tamanhos e formas disponíveis. 

As fotocélulas de segurança quadradas são usadas para protecção de acessos de áreas perigosas em máquinas ou fábricas. Estes dispositivos são montados de forma permanente na área de acesso à distância de segurança necessária. Quando interrompidas, enviam um sinal seguro que garante a paragem da máquina ou parte dela de forma segura.
Ver Detalhe

Scanner laser de segurança microScan3 Core - Sick

Agora com interface PROFIsafe e EtherNet/IP CIP Safety.

Com o microScan3 Core, a Sick concebeu uma nova família de scanners laser se segurança para proteção de aplicações estacionárias tais como áreas perigosas, entradas ou pontos perigosos. A inovadora tecnologia de aquisição safeHDDM ® aumenta muito a disponibilidade do microScan3. É excecional em ambientes sujos ou com luz ambiente intensa, aumentando a produtividade e disponibilidade das máquinas. O corpo é robusto e a conetividade inteligente facilita a integração segura em redes e permite uma redução de custos de cablagem. Com o novo software Safety Designer, o microScan3 pode ser configurado de forma simples e intuitiva. O seu estado é facilmente visível através do display colorido integrado ou através de comunicação. O scanner laser de segurança microScan3 da Sick impressiona!
Ver Detalhe

Scanner laser de segurança S300 Mini - Sick

O scanner laser mais pequeno do mundo, segurança máxima num formato mínimo!

A Sick, líder em aplicações de segurança, apresenta o scanner laser de segurança S300 Mini.
Depois do sucesso da família S3000, com o maior alcance disponível do mercado, e do S300, equipamento bastante mais compacto, o próximo passo lógico em termos de miniaturização surge naturalmente – S300 Mini.
 
Ver Detalhe

Scanner laser de segurança S3000 Expert - Sick

O scanner laser S3000 Expert da Sick é sequência da evolução natural da família de produtos S3000. Mantendo a fiabilidade desta família será agora possível solucionar tarefas de segurança até agora praticamente inalcançáveis. Através do novo modo de campos triplos, podem ser ativados 3 campos simultaneamente – um campo de proteção e dois campos de aviso. Assim, aplicações estacionárias ou móveis podem ser implementadas de forma mais eficiente.
 
Ver Detalhe

Scanners laser de segurança - Sick

Os scanners laser de segurança são usados para monitorização, sem contacto, de uma área ou de um acesso. Essa área é de programação livre, mediante as capacidades ópticas de cada modelo em concreto. A instalação é simples dado que o emissor e receptor se encontram acomodados num único corpo, não sendo necessários espelhos para efectuar a detecção.

Os scanners laser de segurança Sick podem ser usados numa vasta gama de aplicações, quer sejam móveis ou estacionárias. Estas incluem monitorização de áreas de segurança sem contacto e proteção de acessos. Tal como um radar óptico, este sistema efectua uma leitura em varrimento, medindo a distância a que se encontram quaisquer objectos, usando para tal, o cálculo do “tempo de voo”. O software de configuração e monitorização CDS é usado para definir as áreas de protecção e programação das entradas lógicas, entre outros.
Ver Detalhe
  • 0
  • 1
Utilizamos cookies próprios e de terceiros para lhe oferecer uma melhor experiência e serviço. Para saber que cookies usamos e como os desativar, leia a política de cookies.
Ao ignorar ou fechar esta mensagem, e exceto se tiver desativado as cookies, está a concordar com o seu uso neste dispositivo.